• 34ºc, Sunny
  • Terça-feira, 07 de Dezembro de 2021
  • 69 3229-5208
  • atendimentosinttrar@gmail.com

Unidades do SEST SENAT em Porto Velho e Ji-Paraná devem sair ao mesmo tempo em Rondônia

Reportagem

07/10/2021 às 12:16h

O andamento sobre construção da Unidade do SEST SENAT em Porto Velho-RO foi o tema chave da reunião do Conselho Regional Norte I, nesta quinta-feira, 07/10, no auditório do SEBRAE.

As obras que deveriam ter sido licitadas no começo de 2020, tiveram problemas nas licenças de construção e com a demora, o projeto inicial precisou ser modificado diversas vezes, para atender à solicitação da SEMUR, secretária responsável pelas regularizações fundiárias. Também foi informado que o alvará da vigilância sanitária foi aprovado, assim como o projeto de Energia Solar pela Energisa. De outro lado, o projeto do Corpo de Bombeiros ainda está em fase de aprovação.

De acordo com o novo cronograma, se tudo correr como planejado, as obras devem começar no primeiro semestre de 2022, finalizando em 2023.

 

Ji-Paraná

 

O estado de Rondônia é o terceiro maior produtor de soja da região Norte (2021), e consequentemente, possui uma média de 9 mil profissionais (motoristas), o que garantirá um total de 3 unidades do SEST SENAT, sendo em Porto Velho, Ji-Paraná e Vilhena, que atualmente está em funcionamento. Com orçamento aprovado e licenças ambientais em andamento, o cronograma é que as duas unidades (PVH e JPR) sejam inauguradas no mesmo período, em 2023.

 

AÇÃO SINDICAL

 

O Presidente Da Silva, ressaltou as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores, com a falta do SEST SENAT, que estão sendo amenizadas pelos atendimentos médicos realizados no SINTTRAR, e pela parceria da Unidade do SEST SENAT, localizada e recém inaugurada em Vilhena-RO.

A unidade do SEST SENAT em Vilhena tem realizado os cursos de extrema importância em Porto Velho, nos quais o MOPP – Movimentação Operação de Produtos Perigosos, e o Condutor de Passageiros de Transporte Coletivo de Passageiro, e o Condutor de Veículo Escolar.

Desde o fechamento da unidade em 2016, o SINTTRAR luta pelo retorno da unidade. Existia a questão judicial que não havia sido definida, em relação a demissão dos funcionários, o que recentemente foi definido pelo STF.

 

Equipe de Ação

 

Um verdadeiro esforço está sendo feito, para que as novas unidades sejam construídas e parte desse time, estava presente na reunião de hoje, sendo eles(as): Demétrios Viana -supervisor do Conselho Regional Norte I, Sr. Francisco Saldanha bezerra Júnior - Presidente do Conselho Regional Norte I, Sr. Francisco Saldanha bezerra - Presidente do Conselho Regional Norte I, Sra. Ariella Ohana - Presidente da fecanorte, Sr. Manoel Farias - presidente da Fetronorte, entre outros que também participaram de forma online.

Imagens



Fonte:

Renato Ribeiro